Argamassas Ecológicas

Por Encomenda

Ficha Técnica Hidrófuga Enchimento Ficha Técnica de Segurança Ficha de Dados de Segurança
Não Hidrófuga Enchimento Ficha Técnica de Segurança Ficha de Dados de Segurança
Não Hidrófuga Acabamento Ficha Técnica de Segurança Ficha de Dados de Segurança

TIPO DE MATERIAL

Argamassa de Cal Aérea D.Fradique e areias selecionadas em função das aplicações. Esta argamassa contém água de amassadura com os objetivos de minimizar a produção de pó em obra e de permitir o estágio das argamassas. Tem características Hidrófugas ou Não, conforme a Cal Aérea que contém. É ainda comercializada nas variedades de Enchimento e Acabamento em função da dimensão máxima das areias que contêm.

CARACTERISTICAS DO MATERIAL

É uma argamassa húmida fornecida em big bags com cerca de 1,4 ton permitindo economia de área de estaleiro, de tempo de preparação em obra, de escolha das areias e controlo sempre difícil das dosagens.

FUNÇÕES

Execução de encasques ou regularizações pontuais previas, emboços, rebocos e assentamentos em alvenaria. A Argamassa Ecológica Não Hidrófuga de Enchimento, adicionada Aditivo Pozolânico, com terra e fibras vegetais aplicada sobre suportes de construção com terra, constitui uma opima primeira camada de regularização e aderência.

APLICAÇÕES (PROJECÇÕES MECÂNICA OU MANUAL) - sugestões

Estas argamassas, quando utilizadas simples ou com Aditivo Pozolânico e sem Secante Pozolânico devem ser aplicadas no dia seguinte ao da execução das amassaduras.

Encasques e regularizações pontuais do suporte.

A Argamassa Ecológica Não Hidrófuga de Enchimento, com Aditivo Pozolânico, Secante Pozolânico e pedras e ou cacos cerâmicos absorventes previamente imersos em água, é utilizada para executar encasques pontuais prévios à execução da primeira camada do emboço. Igual argamassa com Aditivo Pozolânico e Secante Pozolânico é utilizada execução de alvenarias de pedra. Quando as depressões do suporte são inferiores a 5 cm, esta argamassa, com Aditivo Pozolânico, é utilizada em regularizações do suporte prévias à execução da primeira camada do emboço.

Camadas constituindo emboços e rebocos (Reabilitação).

Suportes de alvenaria de pedra assente com argamassa de cal aérea. Uma vez efetuada a picagem dos materiais dos revestimentos de cal aérea desagregados ou dos que contêm ligantes hidráulicos e quando necessário efetuados os encasques ou regularizações prévias, (conforme as dimensões das depressões a eliminar), deverá ser abundantemente humedecido o suporte do novo revestimento no dia anterior e moderadamente cerca de duas horas antes do início da aplicação do emboço, devendo seguir-se dois caminhos em função da espessura dos novos revestimentos:

Sempre que o suporte seja de alvenaria de pedra assente com argamassa de cal, deverá ser efectuado um salpisco prévio geral em todos os panos, com Argamassa Ecológica Hidrófuga D.Fradique à qual se junta Aditivo Pozolânico, garantindo-se assim que o posterior reboco não sofra dessecação por retirada da água de amassadura pelo suporte. Tal facto deve-se ás características hidrófugas desta argamassa. Igual procedimento aconselhamos quando, pela variedade dos materiais que compõem os suportes sejam esperáveis diferentes aptidões para absorção da água de amassadura do reboco com consequentes dificuldades na execução do respectivo acabamento. Este salpisco deverá ser humedecido por névoa e aplicado o revestimento

Sempre que o suporte seja de alvenaria de pedra assente com argamassa de cal, deverá ser efetuado o emboço em todos os panos com Argamassa Ecológica D.Fradique à qual se junta Aditivo Pozolânico, (dispensando-se as várias semanas que deveriam mediar entre esta aplicação e a do reboco ou da nova camada de emboço, de forma a permitir a carbonatação mínima da camada de emboço anterior).

Camadas constituindo emboços e rebocos (Obras novas).

Para outras situações de suporte, com adobes e taipas, deverão ser adotadas soluções que resultem do estudo das características específicas de cada um deles e naturalmente de acordo com as prescrições do projetista

Recomendamos igualmente a utilização do aditivo pozolânico sempre que em arestas não protegidas se pretenda obter uma dureza superior à inicialmente esperada em argamassas de cal aérea.

Em todos os casos recomendamos que estas sejam sempre boleadas.

MASSA VOLÚMICA APARENTE

Cerca de 1400 kg / m3

RENDIMENTO TEÓRICO

Um Big Bag de Argamassa de Enchimento dá para cerca de 40 m2 para uma espessura de 1,5 cm de revestimento.

Um Big Bag de Argamassa de Acabamento dá para cerca de 120 m2 para uma espessura de 0,5 cm de revestimento.

SISTEMA DE APLICAÇÃO

A argamassa ecológica é introduzida na betoneira, de preferência de eixo vertical ou na misturadora da máquina de projetar e é-lhe adicionada a restante água de amassadura e Aditivo Pozolânico D.Fradique. O tempo de amassadura é de cerca de 3 minutos.

A sua projeção pode ser manual ou mecânica. Esta ultima com maquinas com semfim incorporado.

COMPOSTOS IDENTIFICADOS

Cal aérea D.Fradique e areias

HIGIENE E SEGURANÇA

Consultar ficha de Segurança

NOTA IMPORTANTE:

Imprimir esta página